O blog da AWS

Como usar a nova AWS Modernization Calculator for Microsoft Workloads afim de estimar arquiteturas modernizadas

Por Craig Bossie, Arquiteto de soluções na AWS e
Jignesh Suthar, Arquiteto de soluções na AWS
Em 18 de novembro de 2022, anunciamos o general availability da AWS Modernization Calculator for Microsoft Workloads. Usando essa ferramenta, você pode estimar o custo de modernizar seus Workloads Microsoft para uma nova arquitetura que usa software open-source e serviços cloud-based na nuvem da AWS. Ela permite que você avalie os benefícios do uso de tecnologias criadas para a nuvem, o que pode levar a uma redução no custo total de propriedade ( Total Cost of Ownership – TCO), na sobrecarga operacional, na eliminação do gerenciamento de licenças de software e a um aumento na produtividade do desenvolvedor.

Seja você um cliente novo ou existente da AWS ou um parceiro de consultoria, com essa nova ferramenta, você pode obter uma estimativa aproximada de custo para executar aplicações modernas na AWS. Não é necessário ter conhecimento prévio de todos os serviços da AWS a serem usados ou da arquitetura final. A AWS Modernization Calculator for Microsoft Workloads fornece rapidamente as informações de que você precisa para começar sua jornada de modernização. Neste post, mostraremos como você pode usar a ferramenta para obter uma estimativa com apenas alguns cliques e obter algumas informações de alto nível sobre seu workload.

“A nova AWS Modernization Calculator é muito útil nas discussões iniciais de avaliação da modernização com os clientes. Isso ajuda arquitetos e desenvolvedores a se orientarem cuidadosamente ao planejar a modernização das cargas de trabalho na AWS.” — SourceFuse (parceiro de consultoria da AWS)

“Fornecer o TCO de uma nova arquitetura usando essa AWS Modernization Calculator é simples agora. Nos estágios de pré-avaliação, nossa equipe pode confiar na ferramenta que recomenda os padrões Well Architected na nuvem e a seleção dos serviços da AWS.” — Axian (parceiro de consultoria da AWS)

Modernizando Workloads Microsoft

Na AWS, consideramos que a modernização de Workloads Microsoft é a refatoração ou rearquitetura de aplicações, afim de obter valor comercial adicional ao aproveitar os serviços criados especificamente na nuvem. A modernização permite que você capture os benefícios da arquitetura baseada em nuvem, ao mesmo tempo em que reduz o TCO, a sobrecarga operacional,  os desafios de dar suporte,  comprar sistemas operacionais e bancos de dados que exigem licenciamento comercial.

Ao se afastar de produtos com licenciamento comercial restritivo e com alto custo, você pode investir em mais inovação e oferecer valor adicional aos seus clientes. Uma forma de reduzir a dependência do Windows Server é migrar aplicações .NET Framework para .NET 6.0 ou posterior, que podem ser executadas no Linux.

Para reduzir a necessidade de licenças de  SQL Server, você pode migrar para bancos de dados relacionais compatíveis com código aberto baseados em nuvem, como o Amazon Aurora, compatíveis com PostgreSQL ou MySQL. Você se beneficiará do desempenho do banco de dados comercial, mas com um preço mais baixo. Você também pode optar por adotar bancos de dados criados especificamente para acesso a dados NoSQL de alto desempenho, como o Amazon DynamoDB.

Ao planejar a migração de workloads Microsoft para a AWS por meio da estratégia de rehosting, ou “lift and shift”, entender os custos envolvidos é razoavelmente simples. Você pode usar a calculadora Windows Server and SQL Server on Amazon EC2 para estimar o custo dos recursos da AWS, ou pode aproveitar o programa de Optimization and Licencsing Assessment da AWS para entender como migrar seus workloads com o menor preço, minimizando os custos e licenças necessárias.

Como a modernização envolve a transformação das cargas de trabalho de TI para aproveitar os serviços baseados em nuvem, pode não ficar claro desde o início qual será a arquitetura final ou quanto custará operar. É por isso que apresentamos a AWS Modernization Calculator for Microsoft Workloads. Em vez de exigir que você estime o custo de cada aplicação, serviço por serviço, você pode escolher uma das arquiteturas predefinidas e responder a algumas perguntas para chegar a uma estimativa de custo de alto nível para sua aplicação modernizada.

Estimando uma carga de trabalho

Vamos examinar como isso funciona na prática. Suponha que você esteja planejando migrar para a nuvem. Você tem uma empresa de médio porte com uma aplicação web utilizada para vender produtos para seus clientes. Atualmente, a aplicação é executada no Windows Server com IIS e ASP.NET (Framework) e é suportado por um banco de dados SQL Server no backend. Do ponto de vista de “lift and shift”, é simples estimar o custo de executar essa aplicação na nuvem. O processo de estimativa tem mais nuances se sua meta for modernizar rearquitetando sua aplicação, afim de reduzir a necessidade de licenciamento comercial, e se beneficiar de serviços baseados em nuvem para reduzir custos.

Para obter orientação e uma estimativa para executar sua carga de trabalho, vamos analisar um exemplo usando a AWS Modernization Calculator for Microsoft Workloads. Você pode acessá-la diretamente ou por meio do link no descritivo Get Started na página do AWS Pricing Calculator Service (Figura 1).

Indication of the location of the link for the AWS Modernization Calculator for Microsoft Workloads

Figura 1: Link para a AWS Modernization Calculator for Microsoft Workloads

Na primeira página da AWS Modernization Calculator (Figura 2), há opções para inserir o nome da estimativa e o local atual da aplicação/workload. Para modernizar um workload on-premises existente, selecione On-Premises e, em seguida, selecione Modernizar. Também há opções para usar a AWS ou outro provedor de nuvem como fonte. Você pode estimar o custo de seu workload modernizado, independentemente de sua localização atual.

Description and current location of the workload fields.

Figura 2: Configurações para modernizar um workload on-premises

Selecione a categoria de Arquitetura (Figura 3) que corresponde ao seu estado final. Se você conhece a estrutura geral da sua aplicação (como uma aplicação Web ou processamento em lote), selecione o Padrão de arquitetura. Se você não tiver certeza do padrão, mas entender o caso de uso, como um pipeline de CI/CD ou uma aplicação em containers, selecione o caso de uso.

Você encontrará várias opções, cada uma com um diagrama e uma breve descrição. Você pode escolher o que mais se assemelha ao seu workload atual. Se você quiser uma experiência menos orientada, selecione Personalizada e, em seguida, escolha a região e os serviços que deseja incluir em sua estimativa.

As arquiteturas de aplicações representadas na ferramenta, como uma aplicação web de várias camadas, processamento em lote ou pipeline de CI/CD, são padrões comumente usados e bem compreendidos entre os clientes da AWS. Se você é novo na AWS ou quer mais informações, a ferramenta fornece uma descrição detalhada de cada cenário. Se houver outros workloads ou padrões arquitetônicos que você gostaria de incluir, você pode escolher o link Feedback no aplicativo para nos informar. Para este exemplo, você estaria pensando em modernizar uma aplicação web de várias camadas. Selecione Vários níveis e, em seguida, escolha Avançar.

Options for selecting an architecture pattern

Figura 3: Selecione o padrão de arquitetura

A etapa Selecionar tamanho da arquitetura permite selecionar o tamanho aproximado do ambiente (Figura 4). Ele permite que você forneça as seguintes informações sobre o tamanho do workload:

  1. Padrões de uso esperados, como picos periódicos no tráfego ou uso uniforme ao longo do tempo.
  2. Tamanho atual aproximado e crescimento esperado da aplicação. Isso inclui o número aproximado de usuários mensais, os requisitos de armazenamento de dados da aplicação e o crescimento esperado da mesma no próximo ano.
  3. Uma opção de dimensionamento de carga de trabalho recomendada, que é selecionada automaticamente com base nas características da arquitetura. A AWS tenta fazer uma recomendação adequada com base no tamanho geral e nos padrões de uso de sua carga de trabalho. Você pode manter o tamanho recomendado ou substituir a seleção escolhendo Pequeno, Médio, Grande ou Extra Grande.

Escolha Avançar.

Architecture size selection options

Figura 4: Seleção do tamanho da arquitetura

Depois de escolher um padrão de arquitetura, a ferramenta oferece a opção de selecionar o formulário de inscrição final que você deseja obter (Figura 5). Cada formulário vem com um diagrama útil.

Por exemplo, a recomendação padrão é considerar a opção Serverless usando uma arquitetura com AWS Lambda. Você pode descobrir detalhes clicando no link Saiba mais. Isso inclui uma visão geral dos serviços usados, as opções que você pode selecionar para cada um e considerações para implementar essa arquitetura. Ele também fornece recursos e próximas etapas, permitindo que você comece com o padrão arquitetônico selecionado.

Da mesma forma, com base em sua experiência e preferências, há opções propostas para arquitetura baseada em containers, como Serverless usando a arquitetura Elastic Kubernetes Service e Serverless usando a arquitetura Elastic Container Service.

Multi-Tier architecture selection options

Figura 5: Opções de seleção de arquitetura

Neste exemplo, selecione Serverless usando o AWS Lambda e escolha Avançar.

Em seguida, será exibida a etapa Editar configuração do serviço (Figura 6) listando os serviços inclusos, juntamente com os preços que refletem o tamanho configurado do workload. Em seguida, você pode personalizar os serviços inclusos, se desejar, escolhendo +Adicionar serviço ou Excluir serviço. A AWS Modernization Calculator for Microsoft Workloads oferece suporte a muitos core services da AWS.

Edit service configuration options

Figura 6. Configuração dos serviços

Você pode:

  1. Escolher tamanhos predefinidos como pequeno, médio, grande ou extra grande para o serviço.
  2. Inserir parâmetros específicos para o serviço da AWS, se você os conhece. Embora nem todas as opções de cada serviço estejam inclusas, você pode alterar aquelas que terão o maior impacto na estimativa.

Options for configuring an individual service

Figura 7: Configurar um serviço individual

O custo estimado do serviço individual e a estimativa geral serão atualizados imediatamente.

Depois de analisar os dados e fazer as alterações necessárias, você pode escolher Salvar para exibir a estimativa do workload (Figura 7).

Screen showing information and options for the current estimate

Figura 8: Minha estimativa

A página Minha estimativa exibe um gráfico em estilo donut, mostrando os componentes do custo do workload por serviço. Você pode obter uma estimativa de quanto custará cada serviço ao executar a aplicação na AWS.

Essa estimativa inclui a taxa de execução dos serviços da AWS usados por sua aplicação modernizada, incluindo suporte (se adicionado). Os esforços necessários para modernizar sua aplicação e alguns custos adicionais, como transferência de dados, estão fora do escopo da AWS Modernization Calculator for Microsoft Workloads.

Na página de estimativa, você pode:

  1. Obter um link para sua estimativa, que você pode salvar nos Favoritos ou compartilhar com outra pessoa
  2. Escolher Exportar para baixar a estimativa no formato Excel.
  3. Escolher Adicionar workload para adicionar outro workload a essa estimativa.
  4. Adicione o custo de um plano de suporte da AWS à estimativa escolhendo Adicionar suporte. Você pode adicionar uma estimativa para suporte nos níveis Developer, Business ou Enterprise Support.
  5. Obter contato com alguém da equipe de vendas da AWS, escolhendo Contatar vendas. Você pode analisar essa estimativa com alguém da AWS para determinar quais otimizações adicionais e mudanças arquitetônicas atenderiam melhor às suas necessidades.
  6. Remova todas as cargas de trabalho da estimativa escolhendo Excluir tudo.

Se você decidir adicionar outra carga de trabalho à estimativa, poderá selecionar a guia Custo por workload (Figura 9) para entender melhor como cada uma contribui para a estimativa geral.

Multiple workloads in a single estimate

Figura 9: Estimativa contendo vários workloads

Considerações de implementação

A AWS Modernization Calculator for Microsoft Workloads captura a experiência que a AWS adquiriu ao ajudar os clientes a modernizar workloads Microsoft.

A ferramenta oferece estimativas para serviços Serverless, como AWS Fargate e AWS Lambda para o cenário de computação. A modernização do .NET Framework para a versão mais recente do.NET (.NET 6.0 como a versão atual de suporte de longo prazo) permite que você use serviços de computação baseados em Linux. Uma vantagem de usar a versão mais recente do .NET é a capacidade de adotar os processadores AWS Graviton, que são criados usando a arquitetura ARM. O AWS Graviton oferece um desempenho aliado ao preço até 40% melhor — e o .NET é especificamente otimizado para um melhor desempenho em ARM.

Ao modernizar as cargas de trabalho, você também pode aproveitar os bancos de dados baseados na nuvem, como o Amazon DynamoDB, o Amazon ElastiCache for Redis e o Amazon Aurora PostgreSQL. A seleção de serviços como esses permite reduzir e, eventualmente, eliminar a sobrecarga operacional e os custos de licenciamento de bancos de dados comerciais, mantendo o desempenho necessário até mesmo para os workloads de alta performance.

A adoção de arquiteturas sugeridas pela AWS Modernization Calculator for Microsoft Workloads pode exigir um compromisso significativo para realizar totalmente a modernização. A boa notícia é que você tem apoio ao longo dessa jornada. A AWS tem programas para financiar e compensar parte do custo da modernização. Também há muitos parceiros da AWS especializados em modernização que podem ajudá-lo a atender até mesmo aos requisitos mais rigorosos.

Próximas etapas

Se você estiver pronto para considerar a modernização de seus workloads Microsoft afim de obter os benefícios da nuvem e liberar sua empresa do licenciamento comercial restritivo, a primeira etapa é visitar a recém-lançada AWS Modernization Calculator for Microsoft Workloads. Em seguida, você pode trabalhar com a AWS ou com um parceiro de consultoria para ajudá-lo a encontrar o melhor caminho para atingir suas metas de negócios por meio da modernização.

Também recomendamos o uso das Migration Hub Strategy Recommendations. É o ponto de partida ideal para começar sua jornada de transformação, pois fornece orientação prescritiva sobre a estratégia e as ferramentas ideais para ajudá-lo a migrar e se modernizar em grande escala. As recomendações estratégicas automatizam o processo manual de análise de cada aplicação em execução, suas dependências de processo e a complexidade técnica para reduzir o tempo e o esforço gastos no planejamento da migração e modernização de aplicações, acelerando a transformação de seus negócios na AWS.

A AWS oferece muitas ferramentas para ajudar você a migrar para cada aspecto das suas aplicações. O Porting Assistant para .NET e o AWS Microservice Extractor para .NET podem ajudá-lo a transformar suas aplicações monolíticas do .NET Framework na versão mais recente do .NET, e este guia técnico o ajudará com muitas considerações ao longo do caminho.

Você pode começar a usar a AWS Modernization Calculator for Microsoft Workloads hoje mesmo. Isso ajudará você a entender o custo de operar seus workloads modernizados. Você não precisa ter uma conta da AWS para usá-lo, e ele está disponível sem nenhum custo para você. Para saber mais, acesse o tópico Geração de estimativas de workloads Microsoft com a AWS Modernization Calculator for Microsoft Workloads da AWS no  Guia do usuário da Calculadora de Preços da AWS.

A AWS pode ajudar você a avaliar como sua empresa pode aproveitar ao máximo a nuvem. Junte-se aos milhões de clientes da AWS que confiam em nós para migrar e modernizar suas aplicações mais importantes na nuvem. Para saber mais sobre a modernização do Windows Server ou do SQL Server, visite o Windows na AWS. Entre em contato conosco para começar sua jornada de modernização hoje mesmo.

 

Este artigo foi traduzido do Blog da AWS em Inglês.

 


Sobre os autores

Craig Bossie é arquiteto de soluções que está na AWS há dois anos e trabalha com clientes globais, ajudando-os a migrar, modernizar e otimizar suas cargas de trabalho Microsoft para a nuvem AWS. Ele atua com desenvolvimento e consultoria em aplicações .NET há mais de 17 anos e está muito animado para ajudar os clientes a executar melhor suas aplicações modernas na AWS.

 

 

 

 

Jignesh Suthar é arquiteto de soluções na AWS com mais de 20 anos de experiência trabalhando com empresas e startups da Fortune 500, ajudando-as a migrar e modernizar sua plataforma de tecnologia usando tecnologias de nuvem de ponta e hospedando-as em nuvens públicas seguindo as melhores práticas.

 

 

 

 

 

Revisor

Bruno Lopes é Senior Solutions Architect no time da AWS LATAM. Trabalha com soluções de TI há mais de 14 anos, tendo em seu portfólio inúmeras experiências em workloads Microsoft, ambientes híbridos e capacitação técnica de clientes como Technical Trainer e Evangelista. Agora atua como um Arquiteto de Soluções, unindo todas as capacidades para desburocratizar a adoção das melhores tecnologias afim de ajudar os clientes em seus desafios diários.

 

 

 

 

Luiz Rampanelli é um Solution Architect no time da AWS Latam. Possui muitos anos de experiência com workloads Microsoft em nuvem e ambientes híbridos. Atua com desenho de soluções seguindo as melhores práticas para que os clientes possam aproveitar ao máximo os benefícios da nuvem da AWS.