Recursos do Amazon RDS para MariaDB

O Amazon RDS para MariaDB oferece acesso total a todos os recursos do mecanismo de banco de dados de código aberto MariaDB. Isso significa que o código, as aplicações e as ferramentas que você já utiliza com os seus bancos de dados MariaDB atuais podem ser usados com o banco de dados Amazon RDS para MariaDB. O Amazon RDS corrige automaticamente o software do banco de dados e faz o backup, que fica armazenado por um período de retenção definido por você, permitindo a recuperação pontual. Você se beneficia da flexibilidade de poder escalar recursos de computação ou capacidades de armazenamento associados à instância do banco de dados relacional por meio de uma única chamada de API.

As instâncias do Amazon RDS para MariaDB podem ser provisionadas com armazenamento de propósito geral (SSD) ou armazenamento com IOPS provisionadas (SSD). As IOPS provisionadas (SSD) são uma opção de armazenamento de alto desempenho criada para fornecer desempenho rápido, previsível e consistente para workloads de banco de dados transacionais com uso intensivo de E/S. Você pode provisionar de 1.000 a 80.000 IOPS por instância de banco de dados (o máximo de IOPS realizadas deve ser menor). O armazenamento de propósito geral (SSD) fornece uma linha de base consistente de 3 IOPS por GB provisionado e capacidade de intermitência de até 3.000 IOPS.

Além disso, o Amazon RDS para MariaDB facilita a otimização da disponibilidade e da confiabilidade das suas workloads de produção ao automatizar a replicação em zonas de disponibilidade da AWS. Com a opção de implantação Multi-AZ, você pode executar workloads de missão crítica com alta disponibilidade e failover automatizado integrado do seu banco de dados primário para um banco de dados secundário replicado de forma síncrona localizado em uma zona de disponibilidade (AZ) separada, no caso de falha. O Amazon RDS para MariaDB também disponibiliza um recurso para criar réplicas de leitura que permitem aumentar a escala horizontalmente além da capacidade de implantação de um único banco de dados para workloads que exigem muita leitura.

Principais recursos

Gerenciamento automatizado
Parâmetros pré-configurados
As implantações do Amazon RDS para MariaDB são pré-configuradas com um conjunto de parâmetros e definições adequadas para a classe de instâncias de banco de dados selecionado, facilitando a execução da instância do MariaDB e a conexão da sua aplicação em minutos, sem que seja necessário fazer nenhuma configuração. Se quiser alterar alguma configuração, isso pode ser feito por meio dos grupos de parâmetro do banco de dados.
 
Monitoramento e métricas
O Amazon RDS disponibiliza métricas do Amazon CloudWatch para suas implantações de instância de banco de dados gratuitamente. Você pode usar o Console de Gerenciamento da AWS para visualizar as principais métricas operacionais para implantações da instância de banco de dados, incluindo utilização de computação/memória/capacidade de armazenamento, atividade de E/S e conexões de instância de banco de dados.
 
Implantações azuis/verdes do Amazon RDS
As implantações azuis/verdes do Amazon RDS permitem fazer atualizações no banco de dados de maneira mais segura, simples e rápida, sem perda de dados no Amazon RDS para MariaDB. Em poucas etapas, as implantações azuis/verdes criam um ambiente de preparação que espelha o ambiente de produção e mantêm os dois ambientes sincronizados com o uso de replicação lógica.

Você pode fazer alterações, como upgrades de versão principal/secundária, modificações de esquema e alterações na configuração de parâmetros, sem afetar a workload de produção. 

Durante a promoção do seu ambiente de preparação, as implantações azuis/verdes bloqueiam as gravações em ambos os ambientes, azul e verde, até que a troca seja concluída. As implantações azuis/verdes usam barreiras de proteção integradas de troca que esgotam o tempo limite da promoção quando ela excede o tempo de inatividade máximo tolerável, detecta erros de replicação, verifica a integridade de instâncias etc.

Saiba mais »
 
Notificações de eventos de banco de dados
O Amazon RDS oferece notificações do Amazon SNS por e-mail ou SMS para suas implementações de instância de banco de dados. Você pode usar o Console de Gerenciamento da AWS ou as APIs do Amazon RDS para assinar mais de 40 eventos de banco de dados diferentes associados às suas implantações do Amazon RDS.
 
Correção automática de software
O Amazon RDS aplica automaticamente as correções mais recentes para que você possa garantir que o software do MariaDB que está alimentando seu banco de dados esteja atualizado. Para os clientes que desejam gerenciar a programação das correções diretamente, o Amazon RDS para MariaDB também oferece a capacidade de controlar manualmente o cronograma das correções.
Performance rápida e previsível
Propósito geral (SSD)
O armazenamento de propósito geral (SSD) do Amazon RDS proporciona uma linha de base estável de 3 IOPS por GB provisionado e oferece capacidade de intermitência de até 3.000 IOPS. Para saber mais e começar a usar o armazenamento de uso geral (SSD) do Amazon RDS, consulte a seção Armazenamento de uso geral (SSD) do Guia do usuário do Amazon RDS.
 
IOPS provisionadas (SSD)
Você pode provisionar até 64 TB de armazenamento e 80.000 IOPS por instância de banco de dados. Para saber mais e começar a usar as IOPS provisionadas do Amazon RDS, consulte a seção Armazenamento de IOPS provisionadas do Guia do usuário do Amazon RDS.
Backup e recuperação
Backups automatizados
Ativado como padrão, o recurso de backup automatizado do Amazon RDS permite a recuperação pontual para a Instância de Banco de Dados. O Amazon RDS fará o backup do banco de dados e dos logs da transação e os armazenará por um período de retenção especificado pelo usuário. Isso permite que você restaure a instância do banco de dados na posição de qualquer segundo durante o período de retenção, até os últimos cinco minutos. O período de retenção de backup automático pode ser configurado para até trinta e cinco dias.
Snapshots de banco de dados
Snapshots de banco de dados são backups da Instância de Banco de Dados iniciados pelo usuário. Esses backups completos de banco de dados serão armazenados pelo Amazon RDS até que você os exclua explicitamente. Você pode criar uma nova instância de banco de dados com base em um DB Snapshot onde desejar.
Escalabilidade com o toque de um botão
Armazenamento e IOPS
À medida que os requisitos de armazenamento aumentam, você também pode provisionar armazenamento adicional imediato com um período de interrupção zero. Se você estiver usando IOPS provisionadas, também poderá alterar a escala do throughput da sua instância de banco de dados, especificando a taxa de IOPS de 1.000 a 80.000 IOPS, em incrementos de 1.000 IOPS, e armazenar de 100 GB a 64 TB.
 
Classe de instância de banco de dados
Ao usar as APIs do Amazon RDS ou clicar algumas vezes no Console de Gerenciamento da AWS, você pode escalar os recursos de computação e de memória aumentando ou diminuindo a implantação. As operações de escalabilidade normalmente são concluídas em alguns minutos.
Replicação
Implantações Multi-AZ
As implantações Multi-AZ do Amazon RDS proporcionam disponibilidade e durabilidade para instâncias de banco de dados (DB). Quando você provisiona uma instância de banco de dados Multi-AZ, o Amazon RDS cria automaticamente uma instância de banco de dados primária e replica de maneira sincronizada os dados para uma instância de standby em uma zona de disponibilidade (AZ) diferente. Caso ocorra uma falha de infraestrutura, o Amazon RDS executa um failover automático para standby, permitindo retomar as operações de banco de dados assim que o failover for concluído. Como o endpoint da sua instância de DB permanece o mesmo após um failover, sua aplicação pode retomar as operações de banco de dados sem necessidade de intervenção administrativa manual.
 
Réplicas de leitura
As réplicas de leitura do Amazon RDS facilitam aumentar a escala horizontalmente de forma flexível além das limitações de capacidade de uma única instância de banco de dados para workloads de banco de dados com uso intenso de leitura. Você pode criar uma ou mais réplicas de uma determinada instância de banco de dados de origem e atender ao tráfego de leitura de aplicações de alto volume de várias cópias dos seus dados, aumentando portanto o throughput de leitura agregado. As réplicas de leitura também podem ser promovidas, para que elas se tornem instâncias de banco de dados autônomas.
Isolamento e segurança

O Amazon RDS permite criptografar bancos de dados MariaDB usando chaves gerenciadas por você com o AWS Key Management Service (KMS). Em uma instância de banco de dados em execução com a criptografia do Amazon RDS, os dados em repouso mantidos no armazenamento subjacente são criptografados, bem como os backups automáticos, as réplicas de leitura e os snapshots desses dados.

Ao usar a Amazon VPC, é possível isolar as instâncias de banco de dados na sua própria rede virtual e conectar com a infraestrutura de TI existente utilizando o padrão IPsec VPN do setor para criptografia. Para saber mais sobre o Amazon RDS na VPC, consulte o Guia do usuário do Amazon RDS. Além disso, ao usar o Amazon RDS, é possível configurar as definições do firewall e controlar o acesso de rede às suas instâncias de banco de dados.

Saiba mais sobre a definição de preço de produtos

O Amazon RDS pode ser testado gratuitamente. Pague somente pelo que usar. Não há taxa mínima.  

Saiba mais 
Cadastre-se para obter uma conta gratuita

Obtenha acesso instantâneo ao nível gratuito da AWS. 

Cadastrar-se 
Comece a criar no console

Comece a usar o Amazon RDS for MariaDB no Console AWS.

Faça login